Por onde começo a estudar para o vestibular?

Chegou a hora de estudar para o vestibular. A gente sabe que você pode ter procrastinado e adiado isso por um tempo, e agora precisa ser eficiente e objetivo em sua rotina de estudos.  Mas como ser realmente eficiente nos estudos?

Com organização e objetividade, é possível elaborar uma boa rotina que pode fazer a diferença no Enem e no vestibular. Mas para isso, é preciso foco, dedicação e comprometimento.

Para ajudar a superar essa maratona, listamos 5 dicas práticas que podem fazer a diferença na hora de começar a estudar. Vamos a elas?

1 – Você não está sozinho!

A primeira dica é simples, mas pouco usada na hora de se planejar. A rotina de estudos, principalmente no ano de vestibular, pode ser uma atividade muito estressante. Por isso, é importante saber que você não está sozinho. Grupos de estudo, aulas especiais, plantões de dúvidas são fundamentais para aprender e estudar com mais eficiência. Afinal, quando você compartilha seu conhecimento e, principalmente, suas dúvidas, está mais propenso a ajudar e receber ajuda, o que pode ser determinante para aprender aquelas matérias em que sempre teve dificuldade.

Outro fator importante é que o compartilhamento do seu conhecimento faz com que, involuntariamente, você revise o conteúdo, lembre a matéria e estude de um jeito bem mais prático. Por isso, aproveite toda a ajuda possível e torne seus estudos ainda mais eficientes!

2 – Não se acomode

A gente sabe que você tem uma matéria favorita! É comum ter uma matéria que você vai melhor e aprende com mais facilidade. Seja na área das exatas, biológicas ou humanas, muitos têm o hábito de focar nas matérias que gostam mais, e isso é exatamente o oposto que deve ser feito no momento de estudos para o vestibular.

Organize sua rotina de estudos intercalando matérias de que você gosta ou sabe mais e aquelas em que possui dificuldades. Isso fará com que você tenha sessões de estudo mais leves, facilitando o aprendizado. Um exemplo prático é organizar dias com matérias diferentes, como por exemplo, física e história. Elas vão ajudar você a ter uma rotina menos exaustiva, facilitando o entendimento do conteúdo e aumentando a disposição para entender e conhecer as matérias por completo.

3 – Estudo é rotina

Sabe aquela história de estudar a hora que dá? Ou de estudar sempre que pode? Nunca dá certo! Estudo é rotina. Por isso, é importantíssimo que você tenha em seu cotidiano um horário específico para estudar. Outra dica valiosa é escolher sempre um lugar tranquilo e bem iluminado para ser o seu Q.G. de estudos. Certifique-se de que esse local está longe das distrações habituais, celulares, computadores e televisão, faça do estudo um momento de concentração e foco para que ele não divida a atenção com nenhuma outra tarefa.

Quando o estudo está enraizado em sua rotina, ele se torna algo natural, uma tarefa do dia como qualquer outra, tornando-se um hábito, o que facilita todo o planejamento e processo para adquirir conhecimento e revisar todo o material necessário, melhorando o seu desempenho.

4 – Existem modos diferentes de se estudar

Aqui vai uma dica importante.  Não é porque o estudo está em sua rotina que ele precisa ser sempre igual. Existem maneiras diferentes de estudar, e você pode aproveitar todas elas. Lições em vídeo ou na internet, grupos de estudo e até mesmo documentários e jogos quiz podem ser maneiras divertidas de estudar e revisar o conteúdo que podem tornar sua rotina mais leve e proveitosa. Experimente maneiras novas de estudar e aprender, veja quais são suas favoritas e aproveite os novos formatos para ser ainda mais eficiente!

5 – A lista do que mais cai no Enem

Usar toda a informação possível a seu favor. Esta é outra dica que precisa se tornar um hábito. Por isso, busque informações sobre as provas anteriores, quais são os temas que mais caem e o formato de pergunta que tem sido usado pelos avaliadores nos últimos anos. Tudo isso pode dar um direcionamento importante para os estudos e deve ser treinado nos simulados para que você esteja realmente preparado na hora da prova.

O blog do Enem listou os 8 principais conteúdos de cada matéria que mais caíram no exame entre os anos de 2009 e 2016 e suas porcentagens. Essas informações podem ajudar você a entender o formato da prova e o tipo de pergunta que pode cair.

Ainda está em dúvida em qual faculdade cursar? Aqui na UCDB, você aprende com os melhores professores, aliando sempre o ensino com novas tecnologias e o que está acontecendo no mercado de trabalho.

Invista em seu futuro, venha aprender com a gente!

 

Comentários

Cadastre-se

Futuro Acadêmico, cadastre-se para receber as últimas novidades e dicas sobre o vestibular, ENEM, provas e muito mais!
Secure and Spam free...