5 dicas para estudar sozinho para o vestibular

Faltando pouco tempo para o Enem e os vestibulares, é normal que a ansiedade comece a bater e receitas milagrosas de estudo de última hora comecem a parecer interessantes. É por isso que já vamos contar para você logo de início que não existe fórmula mágica para aprender ou estudar.

Um Plano de Estudos para o Enem precisa ser feito com inteligência, otimizando tempo e analisando criteriosamente temas e assuntos que caem com frequência. Uma rotina de estudos precisa ser eficiente e não cansativa.

Pensando nisso, separamos para você cinco dicas para estudar sozinho, que podem levar você a um plano de estudos que renda bons resultados em um espaço curto de tempo.

1 – Frequência: torne o estudo um hábito

Como já dissemos anteriormente, estudo é hábito! Por isso, frequência é fundamental para garantir bons resultados. Organize seu dia para que os estudos façam parte da sua rotina, da mesma forma que você se prepara para para comer, faça o mesmo com os estudos. Quando o hábito estiver enraizado na sua rotina, não só o aprendizado será mais eficiente, como o seu foco estará direcionado para os estudos.

2 – Use a internet a seu favor!

A gente sabe que os vídeos de gatinhos são legais e que você precisa saber qual é o meme do momento! Mas não se esqueça que a internet é uma ferramenta preciosa para informações úteis também. Pesquisar informações para organizar melhor o seu Plano de Estudos do Enem ou Vestibular poderão fazer você ganhar um tempo precioso.

Dicas como os temas que estiveram presentes em cada uma das disciplinas no Enem,  vídeos no Youtube de professores consagrados dando dicas de estudo e explicando temas que você tem dificuldade devem ser utilizados sempre que necessário.

Para isso, é importante fazer pesquisas recorrentes sobre as matérias, vestibular e Enem, se inscrever em canais com dicas que você considera interessantes, organizar um feed sobre o tema e até mesmo configurar sua timeline nas redes sociais para receber essas informações.

A internet precisa ser uma aliada na sua busca por conhecimento, não a inimiga que tira seu foco.

3 – Quando necessário, deixe o relógio de lado!

Como dissemos no item 1, tornar o estudo um hábito e ter uma rotina são passos importantes para o aprendizado, entretanto, quando chegam os momentos finais, é preciso ter um pouco mais de flexibilidade. É hora de priorizar os estudos, deixar o relógio de lado e se focar até fixar a matéria na cabeça. Não estamos dizendo que você precisa de sessões de quatro, cinco horas seguidas, mas é importante entender que chegou o momento de dar um pouco mais, de se esforçar o suficiente para que a rotina de estudos seja o mais eficiente possível.

4 – Desligue os aparelhos eletrônicos

Estudos recentes mostram que o celular é um dos maiores vilões do nosso dia a dia. Só o fato de ele estar ao nosso lado, sem tocar ou vibrar já nos tira boa parte da concentração. A preocupação em saber o que está acontecendo no mundo, o que nossos amigos estão dizendo ou qual a celebridade que estacionou o carro aqui ou acolá hoje nos deixa ansiosos e nos torna menos eficientes em todas as outras coisas que precisamos fazer.

Deixa o celular longe de você, se possível, esqueça que ele existe, pelo menos enquanto é hora de estudar. Isso vai aumentar o seu foco, fará com que o conteúdo estudado seja fixado com mais facilidade e fará com que você ganhe mais qualidade de vida. Sim, existe vida fora daquela telinha que você leva na mão!

5 – Sem desespero, a noite anterior é para descansar

Chegou a véspera do Enem? Então não é hora de se desesperar. Entenda que você fez a sua parte, estudou, se esforçou, e a noite anterior ao exame é feita para descansar. Pode parecer um clichê, mas é assim que o seu corpo funciona. No dia seguinte, você vai se submeter a um dia inteiro de provas, uma situação que requer calma, tranquilidade e disposição. Por isso, a programação da noite anterior deve ser composta por coisas que te façam descansar, se divertir e pensar menos nos estudos, afinal, é preciso estar focado, mas, ao mesmo tempo, leve, na hora da avaliação.

Sim, nós sabemos que isso é muito bonito na teoria, e na prática não é bem assim, mas não custa tentar! Descanse, esteja focado e tenha em mente que a inteligência emocional é um dos principais fatores de sucesso na hora de fazer o vestibular.

Com uma boa rotina de estudos, a fixação do aprendizado é maior e os resultados podem ser potencializados. Por isso, pense sempre em quais são os objetivos do estudo, esteja focado em suas metas, são elas que darão disposição para encarar a rotina.

Se você ainda está buscando uma universidade antenada com o mercado de trabalho e que possa lhe proporcionar uma ótima experiência de aprendizado, venha conhecer a UCDB. Venha aprender com a gente, tenha o futuro em suas mãos!

Comentários

Cadastre-se

Futuro Acadêmico, cadastre-se para receber as últimas novidades e dicas sobre o vestibular, ENEM, provas e muito mais!
Secure and Spam free...